quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Reflexões Para o Tempo da Quaresma: Quão Miserável Que Sou!


Quão miserável que sou. Os meus pecados estão sempre diante de mim. Tenho sido mau desde o dia em que nasci. Até mesmo os meus atos religiosos não trazem toda a verdade que deveriam trazer. São tão vazios se comparados ao teu grande amor por mim.

Eu sei que tu buscas um coração sincero. Então vem Santo Espírito e cria em mim um coração puro, capaz de ouvir os sons de alegria e de felicidade, mesmo em meio a angústia e o temor da morte. Não me retires de tua presença.

Senhor, quando me chamaste pelo nome, eu pensava que te serviria melhor em meus rituais. Preparava minhas canções, ia ao teu templo, obedecia as tuas leis, condenava os pecadores, orgulhava-me de minhas orações em público e de minha inteligência teológica. Menospreza os pequenos e fracos de tua igreja.

Então descobri que não desejavas que eu rasgasse as minhas vestes, pois o que te alegrava era um coração quebrantado. Coração que luta para libertar aqueles foram presos injustamente, fazendo cessar o sofrimento. Que põem em liberdade aqueles que estão sendo oprimidos.  Coração que não se conforma com a escravidão, que reparte o pouco que tem em sua casa com a casa dos mais pobres. Que veste aqueles que estão nus.

Coração que se quebranta diante da morte de cada jovem negro de meu país. Que se despedaça com cada criança que tem o seu corpo violentado. Que não compreende como homens podem matar outros por simplesmente não concordarem com a sua forma de viver em família.

Perdão, Senhor! Tantas vezes sou um servo inútil na construção do teu reino, não sendo digno da graça que recebi. Ensina-me Senhor ser um servo teu por meio da pureza, conhecimento, paciência e delicadeza, mostrando aos outros o amor verdadeiro que nos resgatou.


(Reflexões Para o Tempo da Quaresma, leituras da Quarta-feira de Cinzas: Joel 2, Salmo 51, Isaias 58, II Co 5.20 a 6.10).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Como Lutar Pela Democracia?

Nos dias que antecederiam o afastamento da Presidenta Dilma Roussef de suas funções no Governo Federal, recordo que fomos até a Avenida...